Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

China lança ao mar dois destróieres Type 055 simultaneamente

Dois destróieres Type 055 de 10.000 toneladas foram lançados simultaneamente pela Companhia de Indústria de Construção Naval de Dalian (DSIC) em 3 de julho, em um movimento que reflete o ritmo acelerado com que a China está construindo essa nova classe de navios de guerra.


Poder Naval

Os navios mais recentes são o terceiro e o quarto a serem lançados, com todos os quatro entrando na água em pouco mais de um ano.

Dois destróieres Type 55 lançados simultâneamente na China
Dois destróieres Type 55 lançados simultaneamente na China

O primeiro Type 055 foi lançado no estaleiro Jiangnan Changxingdao, perto de Xangai, em junho de 2017, e o segundo, em abril de 2018.

Os destróieres Type 055 são os maiores combatentes de superfície construídos para a Marinha do Exército de Libertação Popular (PLA Navy) e são um desenvolvimento aprimorado dos destróieres da classe Type 052D (Luyang III).

O sistema das armas do Type 055 inclui: um canhão principal H/PJ-38 de 130 mm, capaz de disparar vários tipos de munições, incluindo as guiadas, o CIWS H/PJ-11 de 30 mm com taxa de tiro de 10 mil projéteis/min, o sistema HQ-10 de mísseis de curto alcance, lançadores de chamarizes e torpedos. Todos os outros mísseis ofensivos e defensivos são encontrados nos 112 silos VLS.

Esses silos são distribuídos em dois lugares – 64 na proa e 48 na popa, Logo atrás do hangar duplo do navio. Eles são do mesmo modelo que os usados ​​no Type 052D, compatíveis com o lançamento a quente e a frio graças ao conceito Concentric Canister Launcher (CCL).

Teoricamente, todos os mísseis chineses cujo tamanho não exceda 9 metros de comprimento e 0,85 metros de diâmetro podem ser lançados a partir dessas células VLS, desde que o sistema de combate seja compatível.

Até à data, a PLA Navy planeja equipar seus primeiros Type 055 com mísseis antiaéreos HQ-9B com alcance de 200 km, mísseis antinavio YJ-18A, um novo tipo de míssil antiaéreo de médio alcance e um míssil de cruzeiro e ataque terrestre baseado na família YJ-18, ou seja, praticamente os mesmos já encontrados nos destróieres Tipo 052D.

Também é provável que o novo míssil antissubmarino Yu-8A esteja entre o arsenal do navio.

Type 055 design


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas