Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Damasco qualifica evacuação dos Capacetes Brancos por Israel de 'operação criminosa'

O Ministério das Relações Exteriores sírio condenou a evacuação dos Capacetes Brancos do seu território, qualificando-a de "operação criminosa" realizada por "Israel e seus subordinados", informou a Reuters, citanto a mídia local.


Sputnik

"A operação criminosa que Israel e seus subordinados realizaram na área revela a verdadeira natureza dos assim chamados Capacetes Brancos", disse uma fonte da chancelaria síria, citada pela agência estatal SANA.

Capacetes Brancos entrando em um ônibus durante a evacuação da Síria assegurada por soldados israelenses, 22 de julho de 2018
Capacetes brancos durante a evacuação © REUTERS / Israeli Army/Handout

O ministério sírio acrescentou que o apoio por parte dos EUA, Reino Unido, Alemanha, Canadá e Jordânia à evacuação mostra que estes países apoiam também os terroristas na Síria.

Em 22 de julho, Tel Aviv evacuou os ativistas da organização Capacetes Brancos e suas famílias da Síria, a pedido dos Estados unidos, Canadá e da União Europeia, em uma altura em que as forças governamentais sírias estão se aproximando dos territórios controlados pelos rebeldes no sul do país.

Israel facilitou a retiradas de centenas de ativistas da organização síria, permitindo que atravessassem a fronteira sírio-israelense e os transportando depois para a Jordânia.

Segundo disse anteriormente o premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, entre os líderes ocidentais que pediram a Tel Aviv para ajudar a retirar os Capacetes Brancos da Síria estiveram Donald Trump e o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas