Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Forças sírias derrubam avião israelense

Os sistemas de defesa aérea da Síria atingiram um avião da Força Aérea de Israel que realizava ataques contra a base aérea de T-4 na província de Homs.


Sputnik

Anteriormente, a agência de notícias síra SANA informou sobre o ataque israelense à base T-4, durante o qual a defesa aérea síria teria derrubado vários mísseis para repelir o ataque.

Resultado de imagem para f-15 israel
F-15 israelense | Reprodução

"Sistemas de defesa aérea repeliram a agressão israelense, derrubando vários mísseis e atingindo um dos aviões de ataque, forçando os outros a deixarem o espaço aéreo", informou a agência.

Não foi o primeiro ataque à base síria. Na noite de 9 de abril, aeronaves israelenses atacaram a base aérea síria de Tifor, localizada na província síria de Homs. Segundo o Ministério da Defesa da Rússia, dois caças F-15 dispararam oito mísseis, três dos quais atingiram o alvo e cinco foram abatidos. Os conselheiros russos não sofreram durante o ataque. A agência oficial da Síria SANA informou que, como resultado do bombardeio, várias pessoas foram mortas e feridas.

Em resposta ao ataque à base T-4 no início de maio, vários mísseis foram disparados contra posições de Israel nas colinas de Golã. Em 10 de maio, aeronaves israelenses atacaram dezenas de alvos na Síria. Os militares explicaram que foi uma resposta ao foguete do Irã nas colinas de Golã.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas