Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Irã, Rússia e Turquia discutem declaração final de Sochi

Representantes do Irã, Turquia e Rússia revisaram o rascunho final da 10ª rodada da reunião de Sochi sobre as negociações de paz na Síria.


Pars Today

A reunião de Sochi foi realizada segunda-feira com a participação de Hossein Jaberi Ansari, assistente sênior do ministro das Relações Exteriores do Irã, vice-ministro das Relações Exteriores da Turquia Sedat Onal e enviado especial do presidente russo para a Síria, Alexander Lavrentiev.

Irã, Rússia e Turquia discutem declaração final de Sochi

Jaberi Ansari discutiu os últimos desenvolvimentos em Damasco com o enviado especial da ONU para a Síria Staffan de Mistura.

Mais cedo, a alta autoridade do Irã também se reuniu com o enviado especial do presidente russo para a Síria, Alexander Lavrentiev, eo vice-ministro das Relações Exteriores, Sergey Vershinin.

Durante suas conversas bilaterais, Ansari discutiu os últimos desenvolvimentos na Síria no comitê de constituição, refugiados retornando, troca de prisioneiros e também o rascunho final da declaração da reunião.

A nona rodada de conversações de paz na Síria, que contou com a participação de representantes do Irã, Rússia e Turquia, e do enviado especial do chefe da ONU à Síria, foi realizada em Astana, em maio.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas