Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA e Rússia revivem a Guerra Fria no Oriente Médio com duas cúpulas

Reuniões paralelas, na Polônia e na Rússia, representaram a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito entre Israel e a Palestina
Juan Carlos Sanz e María R. Sahuquillo | El País
Sochi / Jerusalém - Em 1991, a Conferência de Madri estabeleceu um modelo para o diálogo multilateral no Oriente Médio após o fim da Guerra Fria, que havia colocado Washington contra Moscou na disputa pela hegemonia em uma região estratégica. Transcorridos mais de 27 anos, dois conclaves paralelos representaram nesta quinta-feira em Varsóvia (Polônia) e Sochi (Rússia) a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito israelo-palestino. Os Estados Unidos e a Rússia, copresidentes em Madri em 1991, já não atuam mais como mediadores para aliviar as tensões e, mais uma vez, assumem um lado entre as partes conflitantes.

No fórum da capital polonesa, a diplomacia dos EUA chegou a um impasse ao reunir mais de 60 países em uma reu…

Israel ataca palestinos por lançarem balões incendiários através da fronteira

No domingo (15), a aviação de Israel atacou os palestinos do Hamas que teriam lançado balões incendiários desde a Faixa de Gaza.


Sputnik

Fontes no exército israelense, citadas pelo jornal Haaretz, confirmaram as informações sobre o ataque e detalharam em comunicado que "uma aeronave das Forças de Defesa de Israel" atacou os membros do Hamas que "lançaram balões incendiários" em direção ao seu território "desde a parte norte da Faixa de Gaza". Destaca-se que o ataque com balões não provocou vítimas.

Caça F-15 da Força Aérea Israelense
F-15 israelense | CC BY-SA 2.0 / Embaixada dos EUA em Tel Aviv / DSC_0461

Os militares israelenses recomeçaram os ataques aéreos contra alvos do Hamas na Faixa de Gaza no sábado (14) à tarde em decorrência de desordens na fronteira, durante as quais dois palestinos, incluindo um adolescente, foram mortos e dezenas ficaram feridos.

Segundo o representante do Exército israelense Jonathan Konrikus, os militantes palestinos lançaram neste sábado (14), a partir da Faixa de Gaza, pelo menos 20 foguetes e minas contra o sul de Israel.

No entanto, depois desses violentos combates, em 14 de julho, Hamas e Israel atingiram um cessar-fogo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas