Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ministério da Defesa revela superioridade de caças russos Su-57

Todos os caças Su-57 serão equipados com armamentos superiores em suas características aos análogos estrangeiros, disse Anatoly Gulyaev, chefe do Departamento Principal de Armamento das Forças Armadas da Rússia, ao jornal Krasnaya Zvezda.
Sputnik

Gulyaev lembrou na entrevista ao jornal que, em maio, Vladimir Putin estabeleceu o objetivo de reequipar completamente três regimentos da Força Aeroespacial da Rússia com caças Su-57 até 2028.

"É de sublinhar que, desde o aparecimento do caça Su-57, muitos especialistas estrangeiros já apreciaram as capacidades únicas do avião russo, que ultrapassa os análogos ocidentais que têm sido promovidos", concluiu o responsável militar.

O caça russo da 5ª geração Su-57 fez o primeiro voo em 2010. A combinação de alta capacidade de manobra com a capacidade de realizar voos supersônicos, bem como um moderno complexo de equipamentos de bordo e baixa visibilidade conferem-lhe superioridade sobre os concorrentes.

Ministério da Defesa russo: Defesas aéreas de Hmeymim abatem drone de militantes na Síria

Um drone lançado de uma área controlada por militantes foi detectado e destruído perto da base aérea de Hmeymim, na Síria, segundo o Centro para Reconciliação do Ministério da Defesa da Rússia.


Sputnik

De acordo com o Centro Russo para Reconciliação na Síria, os militantes continuam a implantar drones perto da base aérea de Hmeymim, na Síria.

Aviões da Força Aeroespacial da Rússia na base de Hmeymim, Síria
Base aérea de Hmeymim © Foto: Ministério da Defesa da Rússia

"A partir do território ocupado por militantes, lançamentos de veículos aéreos não tripulados na direção da base aérea Hmeymim não param. Na noite de 21 de julho, o controle do espaço aéreo da base aérea russa Hmeymim detectou um drone lançado a partir do território controlado por formações armadas ilegais no norte da província de Latakia ", diz a declaração.

O Centro acrescentou que o drone foi destruído a uma distância suficiente da base aérea, portanto não houve vítimas nem danos materiais.

A Rússia lançou uma operação militar contra grupos terroristas na Síria em setembro de 2015, a pedido do presidente sírio, Bashar Assad. Moscou também tem prestado ajuda humanitária aos moradores do país devastado pela guerra e também é uma garantidora do regime de cessar-fogo na Síria, junto com a Turquia e o Irã.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas