Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Míssil balístico iemenita libera acampamento da Guarda Nacional Saudita

Forças do Exército iemenita, apoiadas por combatentes aliados do movimento Houthi Ansarullah e por comitês populares, lançaram um míssil balístico de projeto nacional e desenvolvido em um campo militar na região de Najran, na fronteira sul da Arábia Saudita, em retaliação para a campanha do regime de Riad contra o país empobrecido.


Pars Today

A agência de notícias oficial do Iêmen Saba, citando uma autoridade militar anônima, disse que o míssil de curto alcance foi lançado no campo da Guarda Nacional Saudita no sábado, acrescentando que o projétil atingiu seu alvo com grande precisão.

Míssil balístico iemenita libera acampamento da Guarda Nacional Saudita

Não houve relatos imediatos de possíveis vítimas ou a extensão dos danos.

Enquanto isso, a chamada coalizão militar liderada pela Arábia Saudita contra o Iêmen afirmou em um comunicado, transmitido pela Agência de Imprensa Saudita oficial do reino (SPA), que a coalizão havia interceptado o míssil iemenita, que havia sido disparado da província de Sa norte.

Riad freqüentemente relata mísseis interceptados disparados do Iêmen, mas vários relatórios apontam que os interceptadores Patriots feitos nos EUA frequentemente falham.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas