Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Morre no Reino Unido a última mulher piloto da II Guerra Mundial

Mary Ellis, a última mulher piloto na 2ª Guerra Mundial no Reino Unido, morreu aos 101 anos em sua casa da ilha de Wight, no Canal da Mancha, informou nesta quinta-feira a emissora pública "BBC".


EFE

Londres - Ellis foi membro do serviço Auxiliar de Transporte Aéreo (ATA, na sigla em inglês), uma organização civil que se ocupava de transportar os aviões de combate das fábricas até as diferentes bases da Força Aérea Real (RAF) britânica.

Resultado de imagem para Mary Ellis
Mary Ellis | Reprodução

O ATA, que operou entre 1940 e 1945, tinha 1.152 pilotos homens e 168 pilotos mulheres - além de engenheiros e outros funcionários -, entre elas Ellis, que dirigiu mil aeronaves durante o conflito, incluindo o famoso Spitfire.

A piloto, cujo nome de solteira era Mary Wilkins, se uniu ao ATA em 1941, depois de escutar um anúncio justamente na "BBC", relatou a emissora estatal.

Resultado de imagem para Mary Ellis
Mary Ellis | Reprodução

Em 1950, Ellis passou a dirigir o aeroporto de Sandown, na ilha de Wight, e em 1961 se casou com Sir Ellis, colega de ofício, com quem viveu perto dessas instalações aéreas até depois da sua morte em 2009.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas