Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Muçulmanos e forças israelenses entram em confronto em Jerusalém

Portas da mesquita de Al Aqsa foram fechadas após o incidente desta sexta-feira.


Por G1

Muçulmanos e forças de segurança israelenses entraram em confronto perto do Monte do Templo, em Jerusalém Antiga, nesta sexta-feira (27).

Resultado de imagem para Muçulmanos e forças israelenses entram em confronto em Jerusalém
Reprodução

A polícia israelense afirma que os muçulmanos começaram a atirar pedras e fogos de artifício contra os agentes de segurança sem qualquer razão clara após as orações de sexta-feira, de acordo com o jornal “Jerusalém Post”. Um policial teria ficado levemente ferido no confronto.

A polícia usou granadas para controlar a situação. Muita fumaça pôde ser vista no local.

A France Presse informou que as portas da mesquita de Al Aqsa foram fechadas após o incidente.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas