Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Ninho de cobras: terroristas matam uns aos outros na província síria de Idlib

Na província síria de Idlib continuam os confrontos entre combatentes de diferentes grupos terroristas.


Sputnik

Os membros do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) eliminaram dezenas de militantes do grupo Tahrir al-Sham, entre eles havia oriundos do Uzbequistão, Chechênia e um turco, relataram fontes na província à Sputnik Árabe.

Militantes de Daesh
Terroristas do Daesh © AP Photo / Karim Kadim

"Os terroristas do Daesh atacaram de repente as posições do grupo Tahrir al-Sham perto da cidade síria de Saraqib. Foram mortas 12 pessoas", segundo as fontes.

Mais um caso semelhante aconteceu na cidade de al-Dana, no norte da província de Idlib.

Em particular, os combatentes do Daesh atacaram um veículo com membros do grupo Jabhat Tahrir al-Suriya, ferindo os militantes do Uzbequistão e China que nele se encontravam.

Além disso, em uma fazenda no oeste da província foi encontrado o corpo de um militante com passaporte turco. Os locais também relataram um tiroteio na estrada entre Idlib e Ariha em que foram mortos e feridos membros do grupo Tahrir al-Sham da Chechênia.

Na província síria de Idlib se encontram grupos radicais muito diversos. Anteriormente, especialistas já opinaram que representantes de grupos tão diferentes não poderiam coexistir em paz no mesmo território.

Comentários

Postagens mais visitadas