Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

USAF poderá adquirir o F-15X, versão melhorada dos F-15C/D

Os sites americanos Defense One e The Drive noticiaram que a Boeing está oferecendo para a USAF uma nova versão do lendário caça F-15 Eagle, denominada F-15X.


Poder Aéreo

Segundo as fontes, a nova versão não terá as características furtivas oferecidas no F-15 Silent Eagle, mas apresentará uma série de novos equipamentos que aumentarão as capacidades do conhecido Eagle.

O F-15X será mais avançado e mais armado que este F-15SA da Arábia Saudita
O F-15X será mais avançado e mais armado que este F-15SA da Arábia Saudita

A Boeing já tinha proposto anteriormente à USAF uma versão denominada “F-15 2040C” para estender a vida dos caças F-15C de superioridade aérea de quarta-geração até 2040, para complementar os caças F-22 Raptor de quinta-geração. A versão 2040 do F-15 dobraria o número de mísseis ar-ar para 16 unidades, aumentaria o alcance da aeronave e ampliaria a letalidade e capacidade de sobrevivência com o upgrade dos sistemas eletrônicos.

A configuração do F-15X é ainda mais impressionante, incluindo um glass cockpit com display de grande área, mira montada no capacete JHMCS II (HMD), estrutura de asa interna revisada, controles fly-by-wire, radar AESA APG-82, ativação das estações externas um e nove, computador de missão avançado, display heads-up de baixo perfil, comunicações por rádio e satélite atualizadas, sistema avançado de alerta eletrônico e sistema de alerta por infravermelho (EPAWSS), sistema de busca e rastreamento por infravermelho Legion Pod (IRST) etc.

Com a ajuda dos novos pilones de transporte de mísseis AMBER da empresa, o F-15X será capaz de transportar 22 mísseis ar-ar em uma única surtida. Alternativamente, poderia voar com oito mísseis ar-ar e 28 bombas de pequeno diâmetro (SDBs), ou até sete bombas de 2.000 lb e oito mísseis ar-ar.

Em comparação, o F-15C/D Eagle pode transportar oito mísseis ar-ar atualmente, e a penúltima variante Eagle que está sendo construída atualmente, o F-15SA, pode carregar uma dúzia.

O novo F-15X não irá disputar espaço com o F-35, mas sim complementá-lo em missões menos exigentes. O preço flyaway pretendido do F-15X deverá ser bem inferior aos US$ 95 milhões do F-35A e o contrato deverá ser de preço fixo, sem o risco de aumento de preço ao longo da produção.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas