Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Ataque terrorista deixa quatro mortos na Líbia

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) atacou hoje um posto de controle de segurança libio na área de Wadi Kaam, entre as cidades ocidentais da o-Khumus e Zletin, com saldo de quatro mortos.


Prensa Latina
Trípoli - De acordo com o Chefe do Departamento de Segurança de Zletin, Mohammed Buhajar, os falecidos pertenciam ao pessoal de segurança da companhia A o-Sahel; a incursão armada também deixou três pessoas feridas.


Buhajar confirmou que o ataque aconteceu com armas e não com um carro bomba, e divulgou que os três membros do pessoal de segurança lesionados se encontram na unidade de cuidados intensivos do hospital regional. Desde sua derrota na nortista cidade de Sirte em 2016, que foi sua última guarida no país norte africano, o EI se centrou em arremeter contra pontos de controle e postos de segurança, bem como instituições estatais na Líbia.

A própria cidade de Zletin já foi vítima de um atroz ataque da organização terrorista em janeiro de 2016, quando dezenas de polícias e membros da guardas costeira morreram durante um assalto do EI a um acampamento militar nessa cidade.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas