Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

China começa a construir Littoral Mission Ship (LMS) para a Malásia

A construção de um Littoral Mission Ship (LMS), o primeiro do tipo que a China produzirá para a Malásia, começou na base de Shuangliu da Wuchang Shipbuilding Industry Group Co., Ltd. (“Wuchang Shipbuilding”) sob a China Shipbuilding Industry Co. (CSIC) em Wuhan, capital da província de Hubei, na China central, no dia 31 de julho.


Poder Naval

WUHAN — He Jiwu, vice-presidente da CSIC, disse na cerimônia de lançamento para a construção que o Projeto do Littoral Mission Ship é a primeira cooperação entre a China e a Malásia no campo de grandes equipamentos militares e é um projeto de grande importância.

Concepção do Littoral Mission Ship (LMS)
Concepção do Littoral Mission Ship (LMS)

Segundo informes, o contrato do Projeto do Littoral Mission Ship da Malásia foi assinado em 21 de abril de 2017. É um marco importante para as empresas chinesas de comércio militar exportarem grandes equipamentos militares para a Malásia pela primeira vez.

De acordo com o contrato do projeto, a China Shipbuilding & Offshore International Co., Ltd. (CSOC – braço de exportação da CSIC) projetará e construirá quatro Littoral Mission Ship para a Marinha Real da Malásia (RMN) para realizar várias tarefas como patrulha, antiterrorismo, busca e salvamento. e missões de proteção da pesca.

Este tipo de navio de missão litorânea foi projetado pelo 701 Research Institute do CSIC. A Wuchang Shipbuilding será responsável pela construção do primeiro e segundo navios; e o terceiro e o quarto navios serão construídos em conjunto pela Wuchang Shipbuilding e a empresa local de construção naval da Malásia, Boustead Naval Shipyard Sdn Bhd (BNSSB).

Além disso, o Almirante Ahmad Kamarulzaman Badaruddin, da RMN, disse que a Malásia está muito agradecida pela grande força do CSIC no campo de equipamento naval e acredita que o Projeto do Littoral Mission Ship será um sucesso completo.

FONTE: China Military Online

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas