Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Comando Militar do Leste diz que operação não teve cerco e que criminosos podem ter escapado do Complexo do Alemão

Os militares entraram na comunidade durante na quinta-feira (16). A operação terminou às 6h da manhã de sexta-feira (17), e não teve o balanço divulgado.


Por RJ1

O Gabinete de intervenção informou que não houve cerco em sua operação no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, que começou na quinta-feira (16), e que traficantes podem ter escapado da região, como relataram moradores. A ação aconteceu durante toda a madrugada e terminou no início da manhã desta sexta-feira (17)

Comboios as Forças Armadas circulam na região do Complexo do Alemão (Foto: Reprodução/ TV Globo)
Comboios as Forças Armadas circulam na região do Complexo do Alemão (Foto: Reprodução/ TV Globo)

A afirmação foi feita depois do flagrante do Globocop de um suspeito correndo pela mata que cerca o complexo de favelas, por volta de 6h30, e relato de moradores nas redes sociais.

Homens da Polícia Civil, da Polícia Militar e soldados do Exército atuaram na região para verificar denúncias de tráfico de drogas e outros crimes. Foram 235 militares das Forças Armadas e 70 policiais civis, além de blindados, tanques e helicópteros.

Houve confronto, e alguns moradores relataram o medo que sentem em sair de casa durante as operações.

“Você já sai de casa e não sabe o que te espera na rua, que como eu moro próximo, eu não sei o que me espera”, contou uma moradora.

“Por um lado é bom, que a gente vê a segurança pública agindo, a gente fica receoso porque a qualquer hora pode ter um confronto. E a gente morador, que não tem nada a ver, está nesse meio dessa linha cruzada”, completou outra moradora do Alemão.

O Comando Militar do Leste informou que os criminosos podem ter escapado já que, intencionalmente, não houve um cerco em todo o conjunto de favelas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas