Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

Nuclep antecipa entrega da obra de chapas marginais para o SBR-4

No dia 3 de agosto, a Nuclep concluiu a montagem e soldagem de 96 chapas marginais e 4 suportes para as Seções 3 e 4 do Submarino Angostura (SBR-4).


Poder Naval

Cabe ressaltar que a conclusão da obra ocorreu com antecedência de 27 dias em relação ao prazo previsto no contrato com a Itaguaí Construções Navais (ICN), cujo objeto é a construção de 4 cascos de submarinos convencionais, e que está inserido no Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub).


O programa também prevê a construção do primeiro submarino de propulsão nuclear (SN-BR) do Brasil, cuja assinatura de contrato aguarda a conclusão das etapas precedentes.

As chapas marginais são peças estruturais utilizadas para a fixação de tanques ao casco. Já os suportes são parte da estrutura de apoio e fixação do periscópio de ataque.

Dentro do contrato com a ICN, a conclusão desse serviço abre portas para que mais obras sejam acrescidas ao escopo previsto originalmente, fortalecendo a atual parceria entre a Nuclep e a ICN na condução das obras do Prosub.

FONTE: Nuclep

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas