Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

'Sou um soldado chinês' mostra todo o poderio militar do gigante asiático (VÍDEO)

O exército chinês exibe suas armas mais avançadas em um filme sobre o recrutamento de civis que acabou se tornando viral nas redes sociais do gigante asiático.


Sputnik

O filme intitulado "Sou um soldado chinês" começou a circular na semana passada. Nas comoventes cenas iniciais aparecem soldados deixando para trás suas famílias. 


Soldados chineses gritando slogans enquanto o presidente Xi Jinping inspeciona o Exército de Libertação Popular, em 30 de junho de 2017
Militares chineses © AP Photo / Kin Cheung

Em seguida, o vídeo muda drasticamente de tom, tornando-se uma propaganda do poderio militar chinês. Acompanhado por uma trilha sonora de estilo épico, há caças, tanques, um grupo de ataque de porta-aviões, inúmeras peças de artilharia e mísseis balísticos.

A revista norte-americana The National Interest observou que o filme é uma produção de alto nível, e que sem dúvidas será atraente para o público masculino. No entanto, "pode ser um pouco assustador ao mesmo tempo, especialmente quando o narrador – um dos soldados no filme – pronuncia a frase 'Atrás de mim, a paz; diante de mim, a guerra', como se esta última fosse inevitável".


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas