Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

A quem Rússia fornece seus avançados fuzis antidrone?

O vice-diretor-geral do consórcio Avtomatika, que faz parte da estatal russa Rostec, Sergei Bukashkin, contou sobre as armas avançadas que a Rússia exporta para outros países.


Sputnik

No seu relatório ao ministro da Indústria e do Comércio, o diretor técnico Bukaskin relatou que a empresa fornece fuzis antidrone Pischal e sistemas eletrônicos fixos Taran à Sérvia a à Ossétia do Sul.

Imagem relacionada
Reprodução

Ao mencionar as capacidades do equipamento, Bukaskin explicou que o sistema antidrone Taran tem um alcance de três quilômetros e o fuzil Pischal — de 2,5 quilômetros.

O vice-diretor também mencionou a versão do sistema antidrone baseada no veículo militar Tigr, cujo alcance atinge 10 quilômetros.

Anteriormente, representantes do consórcio informaram que o fuzil Pischal passou com êxito por testes e deverá ser usado pelo exército russo a partir do ano 2019.

O fuzil antidrone eletrônico Pischal pesa três quilos, sendo capaz de detectar um alvo e suprimir seu sistema de navegação e comunicação em todas as frequências.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas