Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Começam manobras militares Vostok 2018, as maiores da moderna história russa (VÍDEO)

No Extremo Oriente começaram as maiores manobras militares da história moderna da Rússia, Vostok 2018, comunicou o departamento de informações e comunicações do Ministério da Defesa russo.


Sputnik

As manobras decorrerão no período de 11 a 17 de setembro, comandadas pelo ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, sendo as maiores nos últimos 37 anos.


Tanque T-90 russo (foto de arquivo)
Tanque T-90 russo © Sputnik / Ramil Sitdikov

O Ministério da Defesa russo publicou em sua página um vídeo do início das manobras, demonstrando o equipamento militar envolvido, em particular, tanques, veículos de combate de infantaria, helicópteros, aviões, bem como sistemas de defesa antiaérea.

O evento contará com a participação de quase 300 mil militares do Distrito Militar Oriente e Central, forças da Frota do Norte, unidades das Tropas Aerotransportadas, aviação da Força Aeroespacial, incluindo a aviação estratégica. Além disso, nas manobras estão participando militares da China e da Mongólia. Os treinamentos envolverão mais de mil aviões, helicópteros e drones, até 36 mil veículos blindados, até 80 navios e embarcações de abastecimento.

As principais manobras decorrerão nos polígonos do Distrito Militar Oriental, da Força Aérea e de defesa antiaérea, bem como nas águas dos mares de Bering, de Okhotsk, e no golfo Avatchinski, no Pacífico.

As manobras Vostok 2018 foram divididas em duas etapas. No decorrer da primeira os participantes treinarão o planejamento, preparação das tropas e a organização da cooperação. Na segunda etapa, as tropas realizarão manobras práticas em conformidade com as decisões tomadas. Durante a segunda etapa, é efetuado o treinamento de ataques maciços de aviação, luta contra mísseis de cruzeiro, bem como operações ofensivas e defensivas. No mar, serão praticadas respostas a um ataque aéreo, ataques contra grupos de navios e tropas anfíbias. A aviação realizará manobras de apoio à ofensiva terrestre e à defesa costeira.


Comentários

Postagens mais visitadas