Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Descubra por que novo rifle russo é a melhor arma silenciosa do mundo

Poderoso, silencioso e preciso – os engenheiros russos desenvolveram mais uma modificação do rifle MTs-116M, dessa vez compatível com munições silenciosas.


Sputnik

É pouco provável que a nova arma seja produzida em massa: trata-se de uma arma projetada para funções específicas. Analistas ocidentais já designaram o rifle como "extremamente perigoso". A Sputnik lhe apresenta as possibilidades que a arma oferece para um atirador de elite.

Rifle MTs-116M
Rifle MTs-116M © Foto: Vitaly V. Kuzmin

Munição "astuta"

A principal diferença entre o novo MTs-116M e a maioria de seus concorrentes é o disparo com uma munição silenciosa de 12,7 mm de calibre. Esta é uma munição do tipo fechada, proporcionando uma relativa ausência de ruído e de chama devido ao bloqueio dos gases da pólvora dento do cartucho.

Quando disparados, os gases da pólvora agem sobre o pistão, dando aceleração inicial à bala. Então o pistão se desloca para a frente e se fixa na parte dianteira do cartucho, bloqueando os gases da pólvora, que são gradualmente libertados através de folgas microscópicas. Este projeto envolve o uso de uma bala de peso aumentado e de uma pequena quantidade de pólvora, o que afeta diretamente o alcance e a balística.

Arma de propósito específico

"Este rifle permite resolver de modo silencioso e eficaz questões que são impossíveis para armas de calibres normais com dispositivos silenciadores […] O rifle é eficaz em distâncias de até 400 metros. Sua principal vantagem é a ausência de ruído, uma característica que é muito importante do ponto de vista da tática de combate e das condições de sua aplicação especial, o que permite repetir o tiro ou retirar-se furtivamente da posição", explicou o editor-chefe da revista Kalashnikov, Mikhail Degtyarev.

As subunidades de operações especiais estão atualmente armadas com uma grande variedade de armas de precisão – desde o antigo rifle SVD soviético ao austríaco Mannlicher. No entanto, a grande maioria desses fuzis não consegue atingir eficazmente um alvo bem protegido de modo silencioso, ou seja, com um silenciador.

"O rifle MTs-116M é adequado apenas para atiradores especialmente treinados na execução de tarefas específicas, e em nenhum caso o MTs-116 se tornará a principal arma dos atiradores especiais", acrescentou.

É claro que a modificação do MTs-116M com munição silenciosa não será produzida em massa. Especialistas acreditam que somando todas as características desse rifle, a arma não tem análogos diretos nem na Rússia nem no resto do mundo.

Passado esportivo

O novo rifle silencioso foi criado com base no rifle de 7,62 mm. Seu protótipo é um rifle esportivo MTs-116, cujo modelo de combate foi desenvolvido em 1997, fazendo adaptações e modificações ao projeto.

Segundo o desenvolvedor, o alcance efetivo do rifle não automático com recarga manual e municiamento de carregador é de até 700 m. Um rifle de 1.250 mm de comprimento pesa apenas 6,5 kg. O carregador está projetado para cinco ou dez cartuchos. O MTs-116M está equipado com um pesado cano estriado de 660 mm de comprimento e equipado com uma mira telescópica.

O rifle é facilmente adaptado às particularidades anatômicas do franco-atirador, que pode corrigir o esforço do disparo, a posição e o comprimento do curso do gatilho.

A munição padrão é de 7,62x54 mm. Com substituição do cano, o rifle pode ser equipado com cartuchos de 7,62х51 do padrão da OTAN. O MTs-116M é adotado por grupos limitados dos serviços especiais russos e algumas unidades especiais da Defesa russa. São conhecidos casos de uso do rifle no conflito sírio. É possível visualizar na Internet muitas fotos de militares do Exército sírio armados com o MTs-116M.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas