Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

EUA perdem drone espião em águas espanholas

O comandante da Força Aérea americana confirmou a perda de um drone RQ-4 Global Hawk, que caiu e se afundou nas águas espanholas, em 26 de junho.


Sputnik

Segundo o representante do Centro de Segurança da Força Aérea americana, Josh A. Aycock, as investigações do incidente continuam. O drone já foi encontrado, trazido para a superfície e entregue à base Estação Naval Rota (Espanha), para ser enviado aos EUA, conforme indica o site The Drive.

Drone norte-americano RQ-4 Global Hawk. Esta é uma das aeronaves estacionadas na base aérea de Al-Dhafra
Drone norte-americano RQ-4 Global Hawk © AP Photo / Northrop Grumman via U.S. Navy, Erik Hildebrandt

O drone era operado a partir da base naval de Sigonella, localizada na Sicília e havia sobrevoado a linha de demarcação em Donbass, perto da fronteira russo-ucraniana.

O drone Global Hawk é um veículo aéreo não tripulado equipado com várias ferramentas de vigilância. Isso inclui sistemas eletro-óticos, uma câmera termográfica, um processador de imagem, três sistemas de radar diferentes, um gravador de imagens infravermelho, um radar meteorológico e outros dispositivos.

Esta é a segunda perda de um RQ-4 em menos de um ano, a primeira ocorreu quando um destes veículos caiu em uma área remota da Califórnia, próximo do Monte Whitney em 21 de junho de 2017.

O RQ-4 Global Hawk foi entregue à Marinha americana em 2004, passando a realizar missões de reconhecimento em 2006. Com um comprimento de 14,5 metros e uma envergadura de aproximadamente 40 metros, ele pode atingir uma altitude de 18.000 m. Possui um motor Rolls-Royce F137-RR-100 turbofan de 7600 lbf de empuxo, podendo transportar uma carga útil de até 900 kg.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas