Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Força Aérea russa pode apoiar tropas sírias, caso coalizão ocidental ataque o país

A Força Aeroespacial russa pode apoiar as tropas sírias se a coalizão ocidental decidir lançar ataques contra a Síria devido à provocação dos “ataques químicos” na província de Idlib, segundo o membro do Comitê Internacional do senado russo, Oleg Morozov.


Sputnik

Anteriormente, o Centro Russo para Reconciliação na Síria disse que estava sendo preparada a filmagem de uma provocação alegando a utilização de armas químicas pelo exército sírio na província de Idlib.

Caça multifuncional russo Su-34
Sukhoi Su-34 russo na Síria © Sputnik / Dmitry Vinogradov

"Mesmo que [os países ocidentais] comecem a atacar a Síria, em um ataque químico irão acreditar somente os que o estão encenando. Mas tal não significa que a coalizão não ataque. O ataque químico é simplesmente um pretexto para justificar suas ações… Os sírios combaterão, acima de tudo, os militantes. Mas eu não descarto que a nossa Força Aeroespacial possa prestar apoio. Mas, somente se for a coalizão ocidental a iniciar [o ataque]", disse Morozov.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas