Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Força Aérea síria aniquila terroristas em Idlib (VÍDEO)

A Força Aérea da Síria realizou mais de 25 ataques contra posições do Partido Islâmico do Turquistão na província de Idlib, enquanto a artilharia continua esmagando os militantes do Daesh no sul do país. Fontes no exército sírio comentaram as operações à Sputnik.


Sputnik

De acordo com o interlocutor da Sputnik Árabe, os ataques aéreos em Idlib foram realizados com base nos dados recebidos pela inteligência sobre as posições dos terroristas. 


A Força Aérea da Síria efetuou  ataques contra posições do Partido Islâmico do Turquestão na província de Idlib
A Força Aérea da Síria efetuou ataques contra posições do Partido Islâmico do Turquestão na província de Idlib © SPUTNIK / BASEL SHARTOOH

"Como resultado dos ataques, foram eliminados e feridos alguns terroristas, destruídas parcialmente suas posições e fortificações", comentou.

O Partido Islâmico do Turquistão (organização terrorista proibida na Rússia), reúne muitos radicais oriundos do Uzbequistão e da Chechênia (Rússia), ocupa várias instalações militares no norte e nordeste da Síria. O grupo é conhecido por preparar homens-bomba e recrutar crianças. O Partido Islâmico do Turquistão tem laços próximos com a organização terrorista Frente al-Nusra (também proibida na Rússia).

Além desta operação, várias unidades de ataque do exército da Síria tomaram sob controle os montes estratégicos situados na parte leste do deserto da província de As-Suwayda, no sul da Síria. No âmbito da ofensiva, a aviação síria destruiu fortificações e eliminou dezenas de terroristas do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e em outros países).

Durante o ataque, 15 terroristas tentaram romper o cerco, mas foram aniquilados. Um correspondente da Sputnik que se encontra em As-Suwayda comunicou que "o exército sírio continua sua ofensiva contra as posições terroristas. No momento, foi cortado o acesso do resto do grupo jihadista às vias de abastecimento na região".


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas