Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Marinha russa receberá 2 novas fragatas até o fim de 2022

A Marinha russa receberá 2 novas fragatas do projeto 22350 até o final de 2022, segundo o diretor-geral da Severnaya Verf, Igor Ponomaryov.


Sputnik

O projeto 22350 conta com quatro navios, sendo eles as fragatas Admiral Gorshkov, Admiral Kasatonov, Admiral Golovko e Admiral Isakov, que entrarão em serviço da Frota do Norte e do Pacífico entre 2020 e 2022.

Fragata russa Admiral Gorshkov
Fragata russa Admiral Gorshkov © Sputnik / Alexei Danichev

A fragata Admiral Gorshkov foi entregue à Marinha em julho deste ano, enquanto a fragata Kasatonov está passando por testes operacionais e será entregue em 2019.

Ponomaryov enfatizou que o problema da unidade propulsora já foi resolvido e que em 2019 os estaleiros Severnaya Verf receberão da empresa russa NPO Saturn os novos motores de turbina a gás, anteriormente produzidos na Ucrânia.

As fragatas de 135 metros de comprimento deslocam 5.000 toneladas e possuem uma autonomia de mais de 4.000 milhas náuticas. Além disso, serão equipadas com mísseis antissubmarino e antinavio e um canhão principal de 130 mm A-192M. Elas receberão também o sistema naval de defesa antiaérea Poliment-Redut e 16 lançadores de mísseis antinavio Onyks ou Kalibr.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas