Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Ministério da Defesa russo: 4 aviões militares russos atacaram posições de terroristas em Idlib

No dia 4 de setembro, quatro aviões russos decolaram da base aérea de Hmeymim e efetuaram ataques de alta precisão contra alvos do grupo terrorista Frente al-Nusra (proibido na Rússia e em vários outros países) na província síria de Idlib, afirmou a jornalistas um representante oficial do Ministério da Defesa russo.


Sputnik

"No mesmo dia [4 de setembro], quatro aviões russos do grupo aéreo da base de Hmeymim levaram a cabo ataques com munições de alta precisão contra alvos do grupo terrorista Frente al-Nusra na província de Idlib", afirmou nesta quarta-feira (5) o representante oficial do Ministério da Defesa russo, major-general Igor Konashenkov.

Caça-bombardeiro Su-34 efetuando ataques aéreos nas províncias de Raqqa e Aleppo (foto de arquivo)
Sukhoi Su-34 © Foto : Ministério da Defesa da Rússia

O representante acrescentou que todos os ataques da Força Aeroespacial russa foram efetuados exclusivamente contra alvos terroristas confirmados, situados longe de povoações.

Igor Konashenkov detalhou que dois Su-34 russos eliminaram uma fábrica de produção de armas dos terroristas.

"Dois caças-bombardeiros polivalentes Su-34 eliminaram com ataques cirúrgicos uma fábrica, em que os terroristas da Frente al-Nusra efetuavam a montagem de drones de ataque, e um armazém com substâncias explosivas usadas em drones", disse Konashenkov.

Segundo o major-general, um caça polivalente Su-35S eliminou com uma munição de alta precisão um armazém em que os terroristas guardavam lançadores portáteis de mísseis antiaéreos.

Além disso, Igor Konashenkov revelou que na madrugada do dia 4 de setembro, o sistema de defesa antiaérea da base russa eliminou dois drones de ataque dos terroristas, somando-se a outros 45 drones eliminados neste mês.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas