Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

Rápido e potente: saem mais detalhes sobre novo sistema de mísseis antiaéreos russo (VIDEO)

O Ministério da Defesa da Rússia revelou detalhes sobre as características táticas e técnicas do novo sistema de mísseis antiaéreos russo Sosna, estreado no final de agosto no âmbito do Fórum Internacional Técnico-Militar ARMY 2018.


Sputnik

A singularidade do novo sistema, cuja principal função é proteger instalações militares de ataques aéreos, está nas várias inovações desenvolvidas por engenheiros russos, explicou Vladimir Ukleev, chefe de projeto do sistema de mísseis antiaéreos, citado pelo Ministério da Defesa da Rússia no jornal Zvezda.


Sistema de mísseis antiaéreos russo Sosna no âmbito do Fórum Internacional Técnico-Militar EXÉRCITO 2018
Sistema antiaéreo russo Sosna © Sputnik / Vitali Belousov

O Sosna pode ser usado em todos os tipos de operações de combate, inclusive em andamento. Durante os exercícios, o sistema disparou com sucesso contra alvos "inimigos" a uma velocidade de até 30 quilômetros por hora.

Este incrível veículo de combate é capaz de operar eficazmente sob quaisquer condições climáticas, bem como em condições de visibilidade reduzida, mesmo na presença de interferências naturais ou artificiais, criadas pelo inimigo.

Além disso, tem capacidade de agir contra alvos terrestres destruindo objetivos protegidos com blindagem leve — fato que foi provado com sucesso durante a fase de testes.

O sistema Sosna é equipado com 12 mísseis guiados antiaéreos 9M340 Sosna-R, que podem atingir alvos voando a uma velocidade de 300 m/s em altitudes de até cinco quilômetros, mísseis de cruzeiro a velocidades de até 250 m/s e helicópteros a 100 m/s. Os mísseis também podem ser usados contra drones.



Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas