Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ministério da Defesa revela superioridade de caças russos Su-57

Todos os caças Su-57 serão equipados com armamentos superiores em suas características aos análogos estrangeiros, disse Anatoly Gulyaev, chefe do Departamento Principal de Armamento das Forças Armadas da Rússia, ao jornal Krasnaya Zvezda.
Sputnik

Gulyaev lembrou na entrevista ao jornal que, em maio, Vladimir Putin estabeleceu o objetivo de reequipar completamente três regimentos da Força Aeroespacial da Rússia com caças Su-57 até 2028.

"É de sublinhar que, desde o aparecimento do caça Su-57, muitos especialistas estrangeiros já apreciaram as capacidades únicas do avião russo, que ultrapassa os análogos ocidentais que têm sido promovidos", concluiu o responsável militar.

O caça russo da 5ª geração Su-57 fez o primeiro voo em 2010. A combinação de alta capacidade de manobra com a capacidade de realizar voos supersônicos, bem como um moderno complexo de equipamentos de bordo e baixa visibilidade conferem-lhe superioridade sobre os concorrentes.

Rússia inicia testes preliminares do radar aéreo da aeronave A-100

Na Rússia começaram os testes preliminares do equipamento de bordo do radar aéreo multiuso de vigilância, pontaria, reconhecimento, alerta e controle A-100, segundo relatou à Sputnik o representante da estatal russa Rostec na quinta-feira (6).


Sputnik

"O trabalho está sendo realizado pela Ruselectronics conforme o cronograma aprovado. No momento, a montagem do A-100 já foi concluída: foi montado o equipamento especial de bordo na fuselagem da aeronave e instalada a carenagem da antena com o equipamento de rádio e de radar", disse o representante da Rostec.

Imagem relacionada
Beriev A-100 | Reprodução

Ele acrescentou que, no âmbito de preparação para os testes do protótipo A-100, foram realizados testes estáticos e de frequências do sistema de bordo do A-100.

Segundo ele, o laboratório voador A-100LL é ativamente utilizado na fase de testes e já foram realizados mais de uma dezena de voos com o primeiro conjunto de aparelhagem aérea especial.

Os trabalhos do projeto experimental para o desenvolvimento do A-100 são conduzidos pela corporação Vega (faz parte da Ruselectronics) em cooperação com várias empresas da indústria de defesa do país e de acordo com um contrato público com o Ministério da Defesa da Rússia.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas