Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Autoridades iranianas e alemãs enfatizam a execução do JCPOA

Autoridades iranianas e alemãs na quarta-feira sublinharam a implementação do Plano Integral de Ação Conjunta (JCPOA).


Pars Today

O vice-ministro das Relações Exteriores do Irã para Assuntos Políticos, Seyyed Abbas Araqchi, e o secretário estadual do Ministério das Relações Exteriores, Linder Tese, exploraram as vias para impedir o efeito das sanções ilegais dos Estados Unidos.

Autoridades iranianas e alemãs enfatizam a execução do JCPOA
Bandeiras do Irã e da Alemanha

Araqchi e Linder Tese salientaram a execução imediata do pacote de propostas da Europa, em particular os canais financeiros após a retirada dos EUA do acordo nuclear e a reimposição de suas sanções.

Os dois lados também concordaram em desenvolver sua cooperação bilateral.

Durante a reunião, Araqchi expressou forte protesto do Irã ao governo alemão pela extradição do diplomata iraniano Assadollah Assadi para a Bélgica.

Ele ressaltou que o Irã iria perseguir o caso através de canais diplomáticos.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas