Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

De olho na China, Japão planeja comprar mais 20 jatos F-35A

O Japão planeja incluir 20 caças avançados F-35A, de fabricação norte-americana, em seu novo plano de defesa de médio prazo para o período entre 2019 e 2023, segundo informou a mídia local neste sábado (13).


Sputnik

Segundo o jornal Yomiuri Shimbun, o Japão pretende ter em seu arsenal 42 aviões de combate em sua Força de Autodefesa Aérea até o ano fiscal de 2024.

Resultado de imagem para f-35 lightning ii japão
Primeiro F-35A do Japão, apresentado em 5 de junho de 2017 em Nagoya e fabricado pela Mitsubishi Heavy Industries (MHI) | Reprodução

O novo plano de defesa japonês, que será apresentado até o final de 2018, prevê a compra adicional de mais 20 aeronaves e todas elas devem ser colocadas à disposição no Japão até o ano fiscal de 2028, segundo a publicação.

O jornal ainda acrescentou fontes do governo acreditam que a aquisição de jatos F-35A é necessária para deter a crescente atividade militar da China.

Os caças serão colocados em bases localizadas em Miyazaki, Ibaraki e algumas outras prefeituras.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas