Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

De olho na China, Japão planeja comprar mais 20 jatos F-35A

O Japão planeja incluir 20 caças avançados F-35A, de fabricação norte-americana, em seu novo plano de defesa de médio prazo para o período entre 2019 e 2023, segundo informou a mídia local neste sábado (13).


Sputnik

Segundo o jornal Yomiuri Shimbun, o Japão pretende ter em seu arsenal 42 aviões de combate em sua Força de Autodefesa Aérea até o ano fiscal de 2024.

Resultado de imagem para f-35 lightning ii japão
Primeiro F-35A do Japão, apresentado em 5 de junho de 2017 em Nagoya e fabricado pela Mitsubishi Heavy Industries (MHI) | Reprodução

O novo plano de defesa japonês, que será apresentado até o final de 2018, prevê a compra adicional de mais 20 aeronaves e todas elas devem ser colocadas à disposição no Japão até o ano fiscal de 2028, segundo a publicação.

O jornal ainda acrescentou fontes do governo acreditam que a aquisição de jatos F-35A é necessária para deter a crescente atividade militar da China.

Os caças serão colocados em bases localizadas em Miyazaki, Ibaraki e algumas outras prefeituras.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas