Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Empresa russa estaria desenvolvendo um novo míssil aeronáutico de calibre 130 mm

O consórcio russo Tecmash (uma subsidiária da Rostec) está trabalhando na produção de um novo míssil aeronáutico, o Monolit, com calibre de 130 mm, segundo o diretor da empresa Vladimir Lepin.


Sputnik

O diretor afirmou ainda que o projeto da fabricação do novo míssil não é um processo rápido, que o novo míssil será destinado para aviões e helicópteros militares e que o projeto está em andamento.


Imagem relacionada
Vladimir Lepin | Reprodução

"Nós estamos trabalhando, não ficamos parados", declarou Lepin, que ainda afirmou que com este trabalho a empresa quer mostrar que também está avançando no setor da aviação.

O novo míssil contará com um diversidade maior, além de outras funções não encontradas nos atuais mísseis russos, o que tornará o míssil em um dos mais avançados do mercado.

Anteriormente, a Tecmash havia desenvolvido o lançador de mísseis BM-30 de pequeno calibre para combater drones, helicópteros e alvos terrestres.

Na ocasião, foi afirmado que o BM-30 seria adotado pelas forças especiais, tropas aerotransportadas e pela Marinha.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas