Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Empresa russa estaria desenvolvendo um novo míssil aeronáutico de calibre 130 mm

O consórcio russo Tecmash (uma subsidiária da Rostec) está trabalhando na produção de um novo míssil aeronáutico, o Monolit, com calibre de 130 mm, segundo o diretor da empresa Vladimir Lepin.


Sputnik

O diretor afirmou ainda que o projeto da fabricação do novo míssil não é um processo rápido, que o novo míssil será destinado para aviões e helicópteros militares e que o projeto está em andamento.


Imagem relacionada
Vladimir Lepin | Reprodução

"Nós estamos trabalhando, não ficamos parados", declarou Lepin, que ainda afirmou que com este trabalho a empresa quer mostrar que também está avançando no setor da aviação.

O novo míssil contará com um diversidade maior, além de outras funções não encontradas nos atuais mísseis russos, o que tornará o míssil em um dos mais avançados do mercado.

Anteriormente, a Tecmash havia desenvolvido o lançador de mísseis BM-30 de pequeno calibre para combater drones, helicópteros e alvos terrestres.

Na ocasião, foi afirmado que o BM-30 seria adotado pelas forças especiais, tropas aerotransportadas e pela Marinha.

Comentários

Postagens mais visitadas