Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA e Rússia revivem a Guerra Fria no Oriente Médio com duas cúpulas

Reuniões paralelas, na Polônia e na Rússia, representaram a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito entre Israel e a Palestina
Juan Carlos Sanz e María R. Sahuquillo | El País
Sochi / Jerusalém - Em 1991, a Conferência de Madri estabeleceu um modelo para o diálogo multilateral no Oriente Médio após o fim da Guerra Fria, que havia colocado Washington contra Moscou na disputa pela hegemonia em uma região estratégica. Transcorridos mais de 27 anos, dois conclaves paralelos representaram nesta quinta-feira em Varsóvia (Polônia) e Sochi (Rússia) a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito israelo-palestino. Os Estados Unidos e a Rússia, copresidentes em Madri em 1991, já não atuam mais como mediadores para aliviar as tensões e, mais uma vez, assumem um lado entre as partes conflitantes.

No fórum da capital polonesa, a diplomacia dos EUA chegou a um impasse ao reunir mais de 60 países em uma reu…

Entregas de caças F-35A para a Turquia continuam

Em 1º de outubro, o vice-almirante Mat Winter, diretor executivo do programa F-35, anunciou que os EUA entregarão mais dois F-35 à Turquia em março de 2019.


Poder Aéreo

O site americano Breaking Defense informou que Winter disse que não há mudança no status da Turquia como um parceiro do F-35 comprometido em comprar 100 aeronaves.

F-35A da Turquia
F-35A da Turquia

“Eles pagam todas as suas responsabilidades de compartilhamento de custos no prazo. Sua base industrial fornece múltiplas peças em todos os F-35 e continua a fornecer participação industrial de qualidade para nós”, disse o almirante.

“Não vejo qualquer indicação neste momento de qualquer alteração na entrega dos seus 100 jatos.”

É claro que o Departamento de Estado e a Casa Branca acabam controlando a venda de armas para países estrangeiros, com o Congresso possuindo o poder de aprovar leis que proíbam as vendas externas.

Se a venda do F-35 para a Turquia for interrompida, isso marcaria uma enorme mudança na política dos EUA e poderia dar início do fim da filiação de Istambul à OTAN.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas