Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Estatal Rostec chama de 'roubo' ideia dos EUA de copiar armas russas

A corporação estatal russa Rostec chamou a ideia de produzir metralhadoras russas de grande calibre NSV Utes nos EUA sem permissão da estatal Rosoboronexport de "cópia ilegal de tecnologias russas" e de "roubo".


Sputnik

A revista The National Interest comunicou recentemente que o Comando de Operações Especiais do Exército dos EUA pretende financiar a produção de cópias de armas russas. O financiamento é destinado a empresas que possam "descobrir e melhorar a tecnologia da metralhadora Kalashnikov, da metralhadora modernizada e de grande calibre NSV Utes e fazer suas cópias".

Consórcio russo Kalashnikov demonstra um dos seus últimos avanços – o fuzil de assalto AK-308 com mira dióptrica e coronha retrátil regulável
Kalashnikov AK-308 © Sputnik / Ramil Sitdikov

"Tais ideias, se realmente existirem, confirmam mais uma vez as vantagens das armas russas, mesmo daquelas que não são novas, como vemos. Porém, a própria ideia suscita algumas questões. Se alguém quiser realizar esse trabalho legalmente, segundo as regras, que venha à Rosoboronexport e discuta a questão. Caso contrário, trata-se de cópia ilegal de tecnologias russas, ou seja, de roubo", disse o representante da corporação.

O consórcio russo Kalashnikov, por sua vez, declarou não conhecer concretamente tais planos dos EUA, mas acrescentou não estar surpreendido, sublinhando que o fato prova a segurança das armas russas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas