Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Fragata Defensora recebe sistema de vigilância Atena da Ares

O Jane’s noticiou que a Ares Aeroespacial e Defesa, uma empresa privada brasileira da Elbit Systems, está em processo de instalação do sistema de vigilância eletro-óptico/infravermelho (EO/IR) da Atena na fragata Defensora (F41) da Marinha do Brasil, em substituição à alça EOS 400/10B.


Poder Naval

O sistema será operado a partir de um console dedicado localizado perto do centro de operações; no entanto, também pode ser colocado no sistema de controle tático SICONTA Mk II do navio.


O trabalho poderia levar à instalação do sistema nas demais fragatas Niterói (F40), Constituição (F42), Liberal (F43), Independência (F44) e União (F45). As quatro primeiras foram construídas no Reino Unido pela Vosper Thornycroft e as duas restantes no Brasil pelo Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), e comissionadas entre 1976 e 1980.

Atena

Segundo a Ares, Atena é um sistema de combate modular capaz de integrar diversos dispositivos do navio para oferecer aos operadores uma completa possibilidade de ação e conhecimento situacional, maximizando a efetividade das ações coordenadas para defesa e ataque.

O sistema também oferece imagens de alta qualidade, através das câmeras de vigilância diurna e noturna, além da capacidade de rastreamento automático de alvos e cálculo balístico.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas