Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Helicóptero da FAB pousa no NDM Bahia

No dia 24 de outubro, o pouso de uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) a bordo do Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia”, da Marinha do Brasil (MB), demonstrou a interoperabilidade existente entre as Forças Armadas e caracterizou o prosseguimento de ações aéreas conjuntas entre a MB e a FAB.


Poder Naval

Visando o emprego de aeronaves de asas rotativas do Exército Brasileiro (EB) e da FAB, a partir do Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico” e do NDM “Bahia”, está sendo realizado um programa de qualificação para tripulações das aeronaves e dos navios, e para otimização de recursos e de material.

Helicóptero H-36 da FAB operando com o NDM Bahia
Helicóptero H-36 da FAB operando com o NDM Bahia

Ocorreram treinamentos em terra e no mar, sendo as atividades terrestres realizadas na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, localizada no Rio de Janeiro, e a parte marítima feita por meio de pousos a bordo de navios da Marinha, na Baía da Ilha Grande.

Em relação à parte documental, foi constituído um Grupo de Trabalho Inter Forças (GTI) com o propósito de produzir a documentação necessária à viabilização de operações conjuntas e emprego dos meios das três Forças de forma integrada nesses meios navais.

NDM Bahia G40

Após os treinamentos e qualificações, que terão continuidade com as próximas fases do trabalho desenvolvido pelo GTI, as aeronaves e os tripulantes estarão habilitados a participar de Operações como a “Atlântico”, que ocorrerá em novembro.

FONTE: Marinha do Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas