Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

IBSAMAR VI começa em Simons Town, África do Sul

A sexta edição do IBSAMAR, um exercício marítimo multinacional entre as Marinhas da Índia, do Brasil e da África do Sul, acontece em Simons Town, África do Sul, de 01 a 13 de outubro de 2018. A última edição do IBSAMAR (IBSAMAR V) foi conduzida ao largo de Goa, de 19 a 26 de fevereiro de 2016.


Poder Naval

O objetivo do exercício é realizar um treinamento coletivo para as marinhas participantes, construindo interoperabilidade e compreensão mútua, bem como compartilhando as melhores práticas.

A proa da fragata Indiana Tarkash e ao fundo a corveta Barroso, da Marinha do Brasil
A proa da fragata Indiana Tarkash e ao fundo a corveta Barroso, da Marinha do Brasil

A Marinha Indiana é representada no IBSAMAR VI pela Fragata de Mísseis Guiados Tarkash, pelo Destróier de Mísseis Guiados Kolkata, pelas aeronaves de Patrulha Marítima de Longo Alcance P-8I, helicópteros Seaking e Chetak, bem como por um contingente MARCOS.

O exercício inclui as fases portuária e marítima com várias evoluções de navegação e marinheiras, disparo de armas de superfície, exercícios de proteção de força, exercícios antipirataria, exercícios antiaéreos e antissubmarinos, bem como operações de voo.

Além de atividades profissionais, esportes e compromissos sociais também são planejados.

FONTE: Naval News

Comentários

Postagens mais visitadas