Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Irã lança mísseis balísticos contra organizadores do atentado em Ahvaz (VÍDEOS)

Os militares iranianos realizaram um ataque de mísseis contra os organizadores do atentado na cidade de Ahvaz em 22 de setembro e contra suas instalações na margem leste do rio Eufrates na Síria, informou o portal Sepah News.


Sputnik

Segundo o portal, o ataque, efetuado pela divisão aeroespacial do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã, causou um grande número de mortos e feridos entre os terroristas.
A mídia informou que se trata de mísseis balísticos terra-terra.


Míssil iraniano de longo alcance, foto de arquivo
Lançamento de míssil iraniano © AP Photo / Amir Kholousi, ISNA via AP

Em 22 de setembro atiradores desconhecidos abriram fogo contra um desfile militar na cidade iraniana de Ahvaz, deixando 28 mortos e mais de 60 feridos.

A responsabilidade pelo atentado foi assumida pelo Movimento Democrático Patriótico Árabe de Ahvaz (Al-Ahvazia), ligado à Arábia Saudita.

Em 24 de setembro, o Ministério da Inteligência do Irã anunciou que 22 pessoas foram detidas por suposta conexão com o ataque mortal. Além disso, foi identificado um grupo terrorista de cinco membros que realizou o ataque.

O líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, acusou os países da região "apoiados pelos EUA" de serem responsáveis pelo ataque terrorista na cidade de Ahva.

O chanceler iraniano, Javad Zarif, também acusou os "patrocinadores regionais do terrorismo e seus senhores norte-americanos" de terem organizado o ataque.


Veja os vídeos:

https://twitter.com/twitter/statuses/1046550648127455232

https://www.facebook.com/br.sputnik/videos/282348529045042/

Comentários

Postagens mais visitadas