Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

No sul da Síria, radicais fogem abandonando armas e… barbas (VÍDEO)

O Exército sírio continua avançando contra as posições terroristas na região do deserto de As-Suwayda, na área das colinas de Tulul al-Safa. Os radicais estão abandonando suas posições junto com as armas. Para além disso, eles cortam as barbas para se misturarem com os civis.


Sputnik

O correspondente da Sputnik Árabe comunicou a partir de As-Suwayda que, depois de perder as principais fontes de água, as forças terroristas do Daesh (organização proibida na Rússia e em vários outros países) enfraqueceram consideravelmente, os radicais já não conseguem fazer frente ao Exército sírio. Na área montanhosa liberta recentemente, os soldados sírios encontraram um armazém com armamentos, produtos alimentícios e um posto médico. 


Soldados sírios na área libertada dos terroristas no deserto de As-Suwayda
Militares sírios na área libertada dos terroristas © Sputnik / Basem Haddad

De acordo com o correspondente, durante a operação de limpeza do território, foi encontrada uma grande quantidade de ataduras, embalagens de medicamentos e ampolas, o que revela que os terroristas estão sofrendo múltiplos ferimentos.

Além disso, os soldados encontraram restos de barbas e cabelo comprido. Aparentemente, os terroristas se barbeiam para mais facilmente se misturarem com os civis.

Nas fortificações abandonadas dá também para ver estume de burro. Pelo visto, os radicais utilizavam estes animais para transportar os armamentos e outras cargas pesadas. É impossível usar veículos entre as rochas, explicou o correspondente.


Comentários

Postagens mais visitadas