Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Quem venceu combate entre Su-27 e F-15 durante exercícios militares na Ucrânia?

O combate aéreo entre o caça Su-27 e o F-15 ocorreu durante as manobras internacionais Clear Sky 2018 na Ucrânia.


Sputnik

O caça de quarta geração Su-27, que integra a Força Aérea ucraniana, demonstrou sua superioridade no combate a 1-1,5 km de distância em relação ao caça norte-americano F-15C Eagle, conforme informado pela televisão ucraniana. Do combate participaram grupos de 4 ou 5 aeronaves de cada lado.


Su-27 ucraniano durante manobras militares Clear Sky 2018
Sukhoi Su-27 ucraniano © REUTERS / Gleb Garanich

Segundo o navegador principal da brigada aérea, Aleksandr Mostovoy, o Su-27 venceu o combate aéreo por possuir uma maior agilidade e devido a possuir melhores mecanismos instalados na aeronave.

O caça Su-27 realizou seu primeiro voo em 20 de maio de 1977 e em 1982 passou a ser produzido em série, sendo integrado no Exército soviético em 1984.

Durante a simulação de combates aéreos, as aeronaves deveriam entrar rapidamente em formação de ataque, obtendo uma posição favorável perante o "inimigo".

Os exercícios internacionais Clear Sky 2018 estão decorrendo na Ucrânia desde 8 até 19 de outubro, contando com a participação de diversos países da OTAN: Bélgica, Reino Unido, Dinamarca, Estônia, Holanda, Polônia, Romênia e EUA.

Comentários

Postagens mais visitadas