Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Pane durante aproximação faz com que caça americano F-15 realize pouso forçado (VÍDEO)

Um caça americano F-15C Eagle teria efetuado pouso de emergência na base aérea RAF Lankenheath, localizada na Inglaterra, que é tanto da OTAN como dos EUA, conforme indica o prefixo da aeronave.


Sputnik

No vídeo é possível ver o momento em que a aeronave se aproxima para pouso, quando algo errado surge na aeronave por circunstâncias ainda desconhecidas.


Caça americano US F-15 Strike Eagle
F-15 Strike Eagle da USAF © Sputnik / Grigoriy Sisoev

A partir desse momento, a aeronave se aproxima com uma grande razão de descida, enquanto tocava a pista diversas vezes até ter condições suficientes para alinhar e tocar a aeronave no solo, utilizando com sucesso o cabo de desaceleração BAK-12.

Além disso, é possível notar que os flaps da aeronave estão baixos, entretanto não há qualquer elevação de ruído dos motores, o que pode levar a algumas possibilidades, como total perda de potência, por exemplo, segundo artigo publicado pela revista de The Drive.

Apesar da situação de perigo, o piloto realizou o pouco com sucesso, não deixando feridos.

O incidente pode ter sido ocasionado por diversos motivos, como perda do sistema de hidráulicos ou problemas no motor, o que teria feito o piloto utilizar o cabo de desaceleração para recuperar o controle. As causas do incidente ainda são desconhecidas.


Assista aqui ao vídeo

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas