Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Resposta aos S-400 na Índia? Paquistão considera compra de drones chineses

Caso seja confirmada a entrega de drones Wing Loong II ao Paquistão, essa seria a maior exportação da China até agora nessa área.


Sputnik

Pouco depois de a Índia anunciar a aquisição dos sistemas russos S-400, a China anunciou que venderia 48 drones militares Wing Loong II ao Paquistão. Enquanto os números oficiais do acordo oficial não são revelados, a mídia chinesa reportou que Pequim fornecerá drones multipropósito ao Paquistão, segundo o The Global Times.


Drone chinês Wing Loong-2
Drone chinês Wing Loong II © Sputnik / Sergey Mamontov

O Wing Loong II é um sistema aéreo não tripulado designado para missões de vigilância e reconhecimento. Além disso, pode ser equipado com diversos armamentos, também é capaz de executar operações de combate e missões civis como, por exemplo, apoio em desastres, operações meteorológicas e proteção ambiental.

O drone será fabricado em conjunto pela empresa chinesa Chengdu Aircraft Industrial e pelo complexo aeronáutico paquistanês Kamra.

Caso o acordo de fornecimento seja concluído, esse seria o maior contrato de exportação desse tipo até ao dia de hoje, afirma o especialista militar e comentarista Song Zhongping ao jornal The Global Times. Enfatizando que "[…] os drones americanos MQ-1 Predator e MQ-9 Reaper são tecnologicamente mais avançados, mas Washington limita suas exportações […] Já os drones chineses terão um sucesso maior no mercado internacional no futuro, porque sendo semelhantes têm um custo mais baixo […]".

O anúncio sobre a aquisição e entrega dos drone WIng Loong II ao Paquistão ocorreu pouco depois de a Índia firmar o acordo para adquirir cinco regimentos de sistemas russos S-400 por um valor estimado de $ 5,4 bilhões (R$ 20 bilhões).

Vale ressaltar que a primeira versão do Wing Loong foi adquirida por clientes internacionais, incluindo Egito, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Uzbequistão e Cazaquistão.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas