Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.


Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Imagem relacionada
Ilyushin Il-112V | Complexo aéreo Ilyushin

Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores turboélice.

Diferentemente de outras aeronaves desta classe, suas asas se movem graças a motores elétricos, e não a unidades hidráulicas, o que permite reduzir as emissões nocivas na atmosfera e o peso da aeronave.

A potência de cada um dos dois motores turboélice atinge 3.000 cavalos, e assim a aeronave pode atingir uma velocidade de até 550 quilômetros por hora e realizar voos com até 44 pessoas a bordo, a até 2.400 quilômetros de distância sem reabastecimento.

Segundo uma fonte no complexo militar-industrial que não quis ser identificada, o exército pretende encomendar 62 aviões IL-112V, mas o total de aeronaves de transporte militar novas na Forças Armadas russas dependerá dos resultados dos testes e da situação econômica no início da década de 2020, quando os aviões primeiros aviões começarão a ser entregues aos compradores.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas