Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Rússia vai equipar caças-bombardeiros Su-34 com meios de reconhecimento aéreo

O Ministério da Defesa russo anunciou um concurso de licitação para equipar os caças Su-34 com sistemas de reconhecimento unificados, diz o documento respectivo no portal de licitações e contratações estatais.


Sputnik

Os caças-bombardeiros Su-34 russos serão equipados com dispositivos de reconhecimento universais, que serão suspensos na aeronave por meio de pilões (fixadores) adicionais.


Aeronaves Su-34 durante a festa de aviação esportiva, na cidade russa de Rostov-no-Don, dedicada ao 75º aniversário da criação do 4º exército da Força Aérea e Defesa Antiaérea
Sukhoi Su-34 © Sputnik / Sergei Pivovarov

De acordo com o documento, planeja-se equipar quatro bombardeiros. O preço inicial (máximo) do contrato é de 256,5 milhões de rublos.

A empresa responsável pela instalação do equipamento será escolhida em 6 de novembro deste ano, enquanto os trabalhos deverão terminar até 10 de novembro de 2019.

O Su-34 é um caça-bombardeiro multifuncional, capaz de atingir alvos terrestres e aéreos em quaisquer condições atmosféricas. O Su-34 foi adotado pelo Exército russo em 2014, representando uma nova geração de aviões de combate. Elaborado na base da célula do caça Su-27, o Su-34 foi reconhecido pelos especialistas ocidentais como o avião de assalto mais eficaz do mundo.

Comentários

Postagens mais visitadas