Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Gorbachov chama EUA para retomar diálogo com a Rússia sobre armas nucleares

O último presidente da União Soviética, Mikhail Gorbachov, pediu que os Estados Unidos retomem um "diálogo sério" com a Rússia sobre o problema das armas nucleares e alertou contra as "perigosas tendências destrutivas" na política mundial, em artigo publicado nesta quarta-feira no jornal "Vedomosti".
EFE

Moscou - Após constatar uma ruptura da comunicação entre Moscou e Washington, o ex-líder soviético se dirigiu em particular aos congressistas americanos para pedir que deixem de lado suas diferenças partidárias para facilitar um "diálogo sério" entre ambos os países.


"Estou convencido de que a Rússia está preparada (para o diálogo)", ressaltou Gorbachov, que manifestou preocupação com a suspensão, primeiro pelos EUA e depois pela Rússia, do Tratado de Eliminação dos Mísseis de Médio e Curto Alcance (INF), que ele assinou em 1987 com o então presidente americano, Ronald Reagan.

Gorbachov apontou que por trás da decisão de Washington de deix…

Sem precedentes: Ucrânia e Japão estreitam laços no campo militar

A Ucrânia e o Japão realizaram as primeiras conversações sobre questões da segurança, subscrevendo um memorando sobre cooperação na esfera da defesa, comunicou no sábado (13) o Ministério da Defesa ucraniano.


Sputnik

"No Ministério das Relações Exteriores do Japão, em 12 de outubro tiveram lugar as primeiras conversações ucraíno-japonesas sobre as questões da segurança desde a proclamação da independência da Ucrânia", diz o comunicado no site do Ministério da Defesa ucraniano.


Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia
Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia © Sputnik / Maksim Blinov

Comunica-se que a delegação ucraniana foi chefiada pelo subsecretário da Defesa para Assuntos da Integração Europeia, tenente-general Anatoly Petrenko, e a japonesa pelo diretor-geral para Assuntos Internacionais do Escritório da Política de Defesa do Ministério da Defesa, Hideo Suzuki, e pelo vice-diretor do Escritório Europeu da chancelaria, Hideki Uema.

Segundo os dados do Ministério da Defesa, no decorrer das conversações as partes discutiram várias questões da esfera de segurança, trocaram opiniões sobre as ameaças atuais e futuras e os desafios à segurança regional e mundial e definiram os caminhos para o desenvolvimento posterior da cooperação na esfera da segurança e defesa.

"No mesmo dia, no Ministério da Defesa japonês decorreu a cerimônia de assinatura do memorando entre o Ministério da Defesa ucraniano e o Ministério da Defesa japonês sobre cooperação e intercâmbio na esfera da defesa. O memorando é o primeiro documento na história das relações bilaterais que confirma oficialmente as intenções das partes de desenvolver a cooperação na esfera da defesa e indica as direções principais da cooperação", diz o comunicado.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas