Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Todos os alvos interceptados: Marinha russa testa moderna defesa antiaérea no Ártico (VIDEO)

A Marinha da Rússia testou o sistema de defesa antiaérea de lançamento vertical no mar de Barents. O alcance desses mísseis permite-lhes alcançar alvos que se encontram a 150 quilômetros e a altitudes de até 35 km.


Sputnik

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou nesta sexta-feira (26) no seu canal de YouTube um vídeo que mostra como decorreram os lançamentos de mísseis antiaéreos realizados a partir da fragata Admiral Gorshkov, no mar de Barents, no oceano Ártico.


Fragata russa Admiral Gorshkov
Fragata russa Admiral Gorshkov © Sputnik / Alexei Danichev

Os disparos foram levados a cabo no âmbito das manobras navais destinadas a testar o modernizado sistema de defesa antiaérea de lançamento vertical Poliment-Redut, que está instalado na fragata. Os mísseis antiaéreos interceptaram todos os projéteis lançados de um navio da Frota do Norte russa.

A fragata Admiral Gorshkov é o primeiro navio do projeto 22350. Os construtores foram encarregados de criar uma fragata baseada em princípios novos e equipada com as tecnologias mais avançadas, a maioria das quais nunca fora usada antes na Marinha. No total, o Ministério da Defesa russa passará a contar com quatro navios do projeto 22350.

As fragatas da classe Admiral Gorshkov têm um deslocamento de 4.500 toneladas, velocidade máxima de 29 nós, autonomia de 4.000 milhas náuticas a 14 nós, e podem funcionar até 15 dias sem reabastecimento. O navio de guerra tem uma guarnição de 210 elementos e uma variedade de armamento, incluindo um canhão A-192 de 130 mm e a versão naval do sistema de defesa antiaérea Poliment-Redut.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas