Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Todos os alvos interceptados: Marinha russa testa moderna defesa antiaérea no Ártico (VIDEO)

A Marinha da Rússia testou o sistema de defesa antiaérea de lançamento vertical no mar de Barents. O alcance desses mísseis permite-lhes alcançar alvos que se encontram a 150 quilômetros e a altitudes de até 35 km.


Sputnik

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou nesta sexta-feira (26) no seu canal de YouTube um vídeo que mostra como decorreram os lançamentos de mísseis antiaéreos realizados a partir da fragata Admiral Gorshkov, no mar de Barents, no oceano Ártico.


Fragata russa Admiral Gorshkov
Fragata russa Admiral Gorshkov © Sputnik / Alexei Danichev

Os disparos foram levados a cabo no âmbito das manobras navais destinadas a testar o modernizado sistema de defesa antiaérea de lançamento vertical Poliment-Redut, que está instalado na fragata. Os mísseis antiaéreos interceptaram todos os projéteis lançados de um navio da Frota do Norte russa.

A fragata Admiral Gorshkov é o primeiro navio do projeto 22350. Os construtores foram encarregados de criar uma fragata baseada em princípios novos e equipada com as tecnologias mais avançadas, a maioria das quais nunca fora usada antes na Marinha. No total, o Ministério da Defesa russa passará a contar com quatro navios do projeto 22350.

As fragatas da classe Admiral Gorshkov têm um deslocamento de 4.500 toneladas, velocidade máxima de 29 nós, autonomia de 4.000 milhas náuticas a 14 nós, e podem funcionar até 15 dias sem reabastecimento. O navio de guerra tem uma guarnição de 210 elementos e uma variedade de armamento, incluindo um canhão A-192 de 130 mm e a versão naval do sistema de defesa antiaérea Poliment-Redut.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas