Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

2 militares de porta-aviões dos EUA são detidos por agressão em Portugal, relata mídia

Na madrugada de segunda-feira (12), a polícia portuguesa deteve dois tripulantes do porta-aviões norte-americano USS Harry S. Truman por suspeita de agressão e roubo, comunicou a imprensa local.


Sputnik

Após concluir sua participação nos exercícios Trident Juncture 2018 da OTAN na zona do Ártico, o porta-aviões da Marinha norte-americana USS Harry S. Truman atracou em Lisboa (Portugal) no dia 10 de novembro.


Porta-aviões USS Nimitz Harry S. Truman
Porta-aviões norte-americano USS Harry S. Truman © AP Photo / Fabrizio Bensch/Pool

A agência de notícias Lusa informa que os dois militares agrediram e roubaram o celular do taxista que os transportava.

O motorista foi levado ao hospital, mas conseguiu descrever a fisionomia dos agressores para a polícia.

O destino deles está sendo decidido pelo Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, na presença de um representante da Embaixada dos EUA em Portugal, um representante da Marinha Portuguesa e um advogado.

O navio, o primeiro porta-aviões nuclear americano a cruzar o Círculo Ártico e entrar no Ártico desde setembro de 1991, deverá sair das águas lusas em breve.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas