Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

2º RC Mec Recebe Primeiras Viaturas GUARANI

O 2º Regimento de Cavalaria Mecanizado (RCMec), Organização Militar orgânica da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (Bda C Mec), recebeu, no dia 19 de novembro, suas três primeiras Viaturas de Transporte de Pessoal Média de Rodas (VBTP-MR) “GUARANI”, equipadas com o novo sistema de torre REMAX, que é estabilizado e possui, além de outras funções, a observação através das câmeras diurna e termal.


DefesaNet

São Borja (RS) – O GUARANI, ou Viatura Blindada de Transporte de Tropa-Média Sobre de Rodas (VBTP-MSR), é fabricada pela IVECO do Brasil, com capacidade para transportar até 11 militares, possuindo tração nas seis rodas (6x6). É anfíbia e atinge uma velocidade máxima de até 100 km/h.

2º RC Mec Recebe Primeiras Viaturas GUARANI

A incorporação desse novo Material de Emprego Militar (MEM) irá aumentar a capacidade operacional da 1ª Bda C Mec, além de modernizar o quadro de viaturas do 2º RC Mec, substituindo as VBTP URUTU, fabricadas pela ENGESA, e em uso há mais de 40 anos no “Regimento João Manoel”.

Fonte: Agência Verde-Oliva

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas