Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Ataque a ônibus com fiéis no Egito deixa ao menos 7 mortos e 14 feridos

Pelo menos sete pessoas morreram e 14 ficaram feridas em um ataque a um ônibus no Egito que se dirigia a um mosteiro copta, informou a Reuters citando um arcebispo.


Sputnik

O arcebispo de Minya comunicou que desconhecidos começaram a disparar quando os fiéis estavam indo para o Mosteiro copta cristão de São Samuel, o Confessor.


Reprodução Twitter

Por enquanto, nenhum grupo terrorista assumiu responsabilidade pelo ataque. Nas redes já apareceram fotos e vídeo mostrando vítimas do ataque sangrento.

O ministro do Interior do país criou um grupo especial envolvendo forças de segurança nacional e polícia penal de Minya para deter os responsáveis pelo ataque o mais rápido possível, segundo mídia.

Em 2017, pessoas mascaradas abriram fogo contra um comboio de ônibus que estavam levando coptas ao mesmo mosteiro. O ataque do ano passado resultou na morte de 28 pessoas e feriu mais 22.

Comentários

Postagens mais visitadas