Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Caças russos Su-57 testam na Síria características de combate (VÍDEO)

Nesta segunda-feira (19), o Ministério da Defesa russa divulgou em sua conta oficial imagens de voos dos caças russos de quinta geração Su-57 na República Árabe Síria.


Sputnik

De acordo com o ministério, os aviões estiveram confirmando as características anunciadas em condições de combate reais.


Caça russo da quinta geração Su-57
Sukhoi Su-57 © Sputnik / Maksim Blinov

No decorrer dos voos, as aeronaves russas testaram suas características técnicas e de voo, sistemas de controle e comunicações, bem como o funcionamento de todos os sistemas a bordo, inclusive os armamentos, em condições de temperaturas elevadas, de superfície do solo complexa e outros fatores.

Ao todo, as tripulações dos caças russos levaram a cabo mais de 10 voos no território sírio.

O caça Su-57 é destinado à destruição de todos os tipos de alvos aéreos, terrestres e navais de superfície. Graças à sua alta capacidade de manobra, bem como à velocidade supersônica, equipamento a bordo moderno e às características furtivas, o Su-57 possui um alto nível de eficácia e supremacia em relação ao adversário.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas