Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Cadetes da AMAN recebem instrução de defesa química, biológica, radiológica e nuclear

No período de 22 e 25 de outubro, o 1º Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (1º Btl DQBRN) atendeu ao Pedido de Cooperação de Instrução (PCI) do Curso de Artilharia da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), contribuindo com a formação do futuro oficial do Exército Brasileiro.


Forças Terrestres

Resende (RJ) – Durante a atividade, foram ministradas instruções sobre a utilização de roupa protetora, máscara contra gases, medidas operacionais de proteção preventiva (MOPP), reconhecimento e identificação de agentes QBRN e descontaminação.



Esses conhecimentos auxiliaram os cadetes na execução de um exercício de emprego de bateria de obuses em área supostamente contaminada.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas