Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Cadetes da AMAN recebem instrução de defesa química, biológica, radiológica e nuclear

No período de 22 e 25 de outubro, o 1º Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (1º Btl DQBRN) atendeu ao Pedido de Cooperação de Instrução (PCI) do Curso de Artilharia da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), contribuindo com a formação do futuro oficial do Exército Brasileiro.


Forças Terrestres

Resende (RJ) – Durante a atividade, foram ministradas instruções sobre a utilização de roupa protetora, máscara contra gases, medidas operacionais de proteção preventiva (MOPP), reconhecimento e identificação de agentes QBRN e descontaminação.



Esses conhecimentos auxiliaram os cadetes na execução de um exercício de emprego de bateria de obuses em área supostamente contaminada.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas