Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Curdos resistem a ataque do Daesh na Síria e matam mais de 30 terroristas

Membros do movimento das Forças Democráticas Sírias (FDS) repeliram uma série de contra-ataques realizados pela organização terrorista Daesh (autodenominada Estado Islâmico) na província de Deir ez-Zor, leste da Síria, informou a imprensa local.


Sputnik

A agência de notícias curda ANF reportou neste domingo que os terroristas aproveitaram as fortes chuvas na região e atacaram as posições das FDS ao norte e ao noroeste da cidade de Hajin, em Deir ez-Zor. Os terroristas estavam usando armas pesadas.


Fighters from the SDF. (File)
Militantes curdos © AP Photo / Syrian Democratic Forces

As tropas conseguiram matar pelo menos 31 membros do Daesh, deixando dezenas de outros feridos. Dois veículos dos terroristas também foram destruídos, um deles carregado de explosivos.

As FDS são o conjunto de milícias formadas principalmente por curdos que controlam o nordeste da Síria e são apoiadas pelos EUA. Defendem a criação de um estado curdo de orientação secular e democrático. Damasco considera as ações do grupo como ilegais e a Turquia acusa as FDS de ser uma extensão dos separatistas curdos turcos, a quem classifica como "terroristas".

Comentários

Postagens mais visitadas