Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Destróier japonês perde 21 projéteis de grande poder destrutivo

Um destróier de escolta japonês Chikuma perdeu 21 projéteis de canhão automático na região de Okinawa, sul do Japão, relatou a agência de notícias Kyodo.


Sputnik

Provavelmente, os projéteis foram levados pelas ondas do convés. O comando da Força Marítima de Autodefesa em Sasebo, na província de Nagasaki, alertou as embarcações de pesca, uma vez que as munições de 30 mm têm grande poder destrutivo.

Resultado de imagem para JS Chikuma (DE-233)
JS Chikuma DE-233 | Reprodução

Em caso de detecção, é necessário informar imediatamente os militares, segundo advertiu o comando.

Entretanto, é possível que, devido ao peso, os projéteis já se afundaram. A profundidade do oceano nessa área é de 140 metros.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas